Default

A testosterona é um hormônio responsável pelas características masculinas, embora pouco presente nas mulheres, esse hormônio é responsável pelo engrossamento da voz, ganho de massa muscular, libido, pêlos, entre outras. Após os 30 anos, os homens começam a ter as taxas de produção desse hormônio diminuídas.

Para melhorar o desempenho sexual, muitos homens procuram por produtos como o gel macho macho, para o ganho de massa muscular procuram por suplementos. Mas, a verdade é que melhorando os hábitos alimentares e praticando exercícios físicos, é possível regular os níveis e melhorar a produção de testosterona.

Benefícios da testosterona

  • Sexual

Esta substância produz um melhor funcionamento sexual; Os níveis mais altos de testosterona promovem uma boa atividade da libido. Isso, como consequência lógica, leva a um melhor desempenho sexual como funcionalidade.

Também pode ser visto que a capacidade de procriação aumenta se a testosterona for alta.

  • Os músculos

A testosterona ajuda a definir a porção de músculo porque é um hormônio anabólico. Quando os níveis de testosterona são altos, os músculos têm uma qualidade superior. Como elemento adicional, a testosterona ajuda no desenvolvimento da hipertrofia muscular.

Dieta para aumentar a testosterona naturalmente

Existem alimentos que se consumidos são capazes de estimular uma melhora nos níveis do hormônio e em sua estimulação. Confira alguns deles a seguir:

Abacates

A quantidade de vitaminas e minerais presentes no abacate o tornam altamente promotor da produção de testosterona. A vitamina B6 e minerais como o zinco são de grande importância.

Carne sem gordura

Carnes magras têm um grande impacto nos níveis de testosterona; Elas contêm altos níveis de proteínas e minerais, como zinco e magnésio. A proteína cumpre a função de construir músculos.

Ovos

O colesterol ajuda a sintetizar a testosterona e o ovo tem colesterol. Este colesterol não é alterado, adulterado, mas um colesterol puro. O colesterol presente nos ovos gerou temores historicamente, pois havia a crença de que era prejudicial à saúde.

No entanto, pesquisas mais recentes têm questionado a natureza prejudicial do colesterol em ovos. Por sua vez, a gema de ovo é um regulador do cálcio e isso favorece a produção de testosterona.

Perda de peso

Alguns estudos determinaram que o excesso de peso diminui os níveis de testosterona. Perder peso e eliminar a gordura estimula a regulação desse hormônio .

A regulação ou eliminação do açúcar da dieta ajuda a perder peso e evita outras séries de problemas de saúde. Por exemplo, o aumento da glicose no sangue.

Exercícios de alto impacto

O exercício prolongado de baixa intensidade não contribui de forma alguma para a produção de testosterona. Quanto mais intenso o exercício, maior a produção de testosterona no corpo.

Este tipo de exercício deve ser feito em curtos períodos, mas com grande intensidade.