Finanças

Categoria relacionada a empreendedorismo, finanças, administração e negócios.

Está com dificuldades para conseguir crédito? Que tal tentar um empréstimo online?

Hoje em dia, muitas empresas do ramo financeiro oferecem empréstimo online de forma segura e muito simples de se conseguir o crédito, sem a burocracia dos processos tradicionais.

Tipos mais comuns de empréstimo online

Basicamente, há duas formas de pedir empréstimo online. São elas:

  1. Solicitar o crédito pelo home banking do banco onde você é correntistas. Algumas instituições bancárias disponibilizam linhas de crédito pré-aprovadas. Basta que o cliente confirme o pedido.
  • Solicitar o crédito através de financeiras que oferecem empréstimo online.

Pedindo o empréstimo online

Como mencionado, é possível recorrer a empresas financeiras que emprestam dinheiro online, sem demais burocracias. A maioria não exige que sejam enviadas cópias de documentos e nem que o contrato seja assinado pelo solicitante.

Nesses casos de empréstimo online, o contrato é virtual. Antes de liberar o crédito, o cliente dá um aceite no contrato virtualmente mesmo. Vamos aos passos:

  1. Busque sites de empresas de confiança que liberam empréstimo online fácil ou plataformas que reúnem diversas delas;
  2. Faça o seu cadastro, onde, possivelmente, serão pedidas as informações: nome completo, e-mail, endereço, CPF, RG, contatos telefônicos, renda mensal, dados bancários, entre outras;
  3. Primeiro, simule o valor que você necessita e a quantidade de parcelas. As empresas, em geral, já determinam em até quantas vezes o requerente deverá pagar pelo valor emprestado e o limite máximo de crédito;
  4. Ao estar de acordo com o valor do empréstimo online, quantidade de parcelas, formas de pagamento e outros detalhes, basta realizar o pedido virtualmente mesmo. Vale saber que, nesse caso, quem pede o dinheiro está de acordo com todas as cláusulas do contrato de concessão;
  5. Aguarde o prazo de aprovação do seu empréstimo online que, no geral, leva até 48 horas;
  6. Com o crédito aprovado, basta acompanhar a liberação do dinheiro. Isso ocorre diretamente em sua conta-corrente, no prazo de cerca de 2 dias após a aprovação.  

Simples e rápido!

Atualmente são vários os sites que oferecem o serviço de simular empréstimos online, vamos lhes apresentar os quatro que na nossa análise são os mais interessantes. Confira:

04 formas de simular empréstimo na internet

1.      Bom para Crédito

O Bom para Crédito é conhecido como o maior shopping de crédito online do Brasil. Você pode simular empréstimos online sem nenhuma documentação prévia. No entanto o site solicita o preenchimento de um formulário inicial com as suas informações, para analisar a melhor opção para você.

Após o preenchimento, o site verifica as melhores opções para o seu perfil, e você pode escolher a simulação que achar mais pertinente para a sua necessidade.

2.      Finanzero

O Finanzero também é um site onde é possível simular empréstimosonline, em apenas 05 minutos, você já terá em mãos as ofertas de crédito disponíveis para você. Da mesma forma, o Finanzero oportuniza uma lista de potenciais financiadores para que você escolha a melhor opção para a sua situação financeira.

A boa notícia é que o Finanzero, aceita simular empréstimos a negativados, mas em contrapartida pode ser necessário apresentar algum bem como garantia.

3.      Lendico

No Lendico é possível simular empréstimos de R$1.000 até R$ 50.000 reais. O empréstimo é realizado 100% pela internet e os juros são menores que dos bancos. No entanto o site não aceita negativados e também não aceita bens como garantia.

4.      Geru

O Geru, é uma operadora que oferece basicamente os mesmos benefícios das anteriores, mas com opções mais reduzidas de opções de financiadoras. Assim ao simular empréstimos pelo Geru, nem sempre o crédito será aprovado. No entanto a operadora afirma que está ampliando a cobertura e que em breve terá mais opções a disposição de seus clientes.

E então, tirou suas dúvidas de como simular empréstimos online? Espero que tenhamos ajudado!

Os cartões de crédito consignados do INSS são uma excelente opção disponível hoje para aposentados e pensionistas que precisam de dinheiro extra para suprir uma emergência ou uma necessidade que não possam pagar à vista.

Muitas financeiras e bancos fornecem este serviço atualmente, com várias taxas e condições diferentes.

Hoje vamos mostrar quais são os melhores cartões de crédito para aposentados, para você escolher o que mais se adequa às suas necessidades.

Como funciona o cartão de crédito para aposentado?

 

 

O cartão de crédito consignado une as funcionalidades de um cartão de crédito comum com o empréstimo consignado do INSS.

Assim, o aposentado receberá um cartão de crédito, com limite pré-estabelecido pela instituição financeira escolhida.

Uma parte do pagamento será descontada diretamente do benefício, e o restante da fatura deverá ser pago diretamente pelo aposentado.

Como a aposentadoria é a garantia de pagamento para o banco, os juros desta modalidade são mais baixos, tornando o valor a pagar mais acessível.

Qual o limite do cartão de crédito?

O limite de um cartão de crédito consignado obedece a norma do INSS, que limita o valor a até 25 vezes o valor da Margem Consignável.

Esta margem poderá ser de até 5% do valor recebido mensalmente pelo aposentado ou pensionista.

Num exemplo prático, um aposentado que receba por mês R$ 1500,00 tem uma margem consignável de R$ 75,00. Como o limite do cartão pode ser de até 25 vezes essa margem, o limite poderá ser de até R$ 1875,00.

Cada instituição financeira tem liberdade de decidir, de acordo com suas análises, qual será o valor disponibilizado no limite.

Qual a taxa de juros a ser paga no cartão?

A taxa de juros máxima que pode ser cobrada neste tipo de cartão é de 3% ao mês. Levando em consideração que a taxa dos cartões de crédito no mercado pode ser de até 231% ao ano, a taxa é bastante atrativa.

Essa taxa inclui todas as despesas para a concessão do cartão, o chamado custo efetivo.

Quando o aposentado consegue um cartão consignado, só pagará juros se não fizer o pagamento total de sua fatura, assim como num cartão comum.

Diferentemente do empréstimo consignado, onde é proibida a cobrança de Taxa de Abertura de Crédito (TAC), para o cartão de crédito é permitida a cobrança de uma taxa única de emissão no valor de R$ 15,00, com pagamento dividido em até três vezes.

Os melhores cartões de crédito para aposentados

Cada instituição financeira pode cobrar taxas diferentes, desde que limitadas ao máximo do INSS que é de 3%

O próprio INSS disponibiliza uma lista com as taxas de cada uma das instituições que fornecem este tipo de serviço.

O Banco do Brasil é a instituição que fornece a melhor taxa de juros em qualquer número de parcelas, com taxa de 2,33% ao mês.

Todas as outras instituições oferecem a taxa máxima de 3%.

As instituições financeiras que oferecem o serviço são:

  • Banco do Brasil;
  • Banrisul;
  • Bradesco;
  • BMG;
  • Banco Mercantil do Brasil;
  • Banco Industrial do Brasil;
  • PAN;
  • Daycoval;
  • Banco Cetelem;
  • Banco Inter;
  • Caruana;
  • Agiplan Financeira S/A;
  • Facta Finacneira S/A;
  • Olé Bonsucesso Consignado.

Como é feita a cobrança da fatura?

A cobrança da fatura é feita em duas partes:

O valor referente a margem consignável (5%) será descontado diretamente do benefício. Se por exemplo, o aposentado receber um benefício de 2.000 reais mensais, apenas 100 reais da sua fatura serão descontados diretamente da aposentadoria.

A diferença entre o valor total da fatura e o valor descontado no benefício deverá ser paga pelo aposentado.

Este pagamento pode ser feito por meio de boleto recebido ou débito em conta.

Cartão de crédito consignado vale a pena?

Confira os principais pontos que mostram que o cartão consignado é uma boa opção:

1.      Desconto diretamente no benefício:

O pagamento de uma parcela da fatura descontado diretamente no benefício deixa o saldo a pagar menor e mais leve, ajudando o aposentado a manter a dívida em dia.

2.      Taxas de juros reduzidas:

As taxas de juros cobradas no caso de não pagamento de fatura são bem menores do que as dos cartões de crédito comum.

3.      Dinheiro disponível na hora:

O cartão de crédito consignado é uma opção mais flexível para o aposentado do que o empréstimo consignado.

Isso porque, com o cartão em mãos e o limite liberado, o beneficiário poderá usar imediatamente o valor quando tiver necessidade, diferentemente do empréstimo, que precisa do comparecimento do aposentado todas as vezes que precisar de renovação.

4.      Saques no cartão consignado:

É possível sacar até 90% do limite disponível do cartão, aumentando ainda mais as possibilidades de utilização pelo aposentado.

Quais os cuidados na utilização do cartão de crédito consignado?

Apesar de parecer inicialmente mais atrativo para utilização do que o empréstimo consignado, por ter a funcionalidade muito parecida a de um cartão comum, o cartão de crédito consignado exige do aposentado alguns cuidados extras:

  • Cuidado ao compartilhar senhas, principalmente por telefone ou e-mails. O INSS e os bancos não costumam solicitar esse tipo de informação;
  • A taxa de juros deste cartão é reduzida, mas ainda será cobrada caso a fatura não seja paga. Para evitar os juros, faça o máximo possível para sempre pagar o valor total cobrado no mês.

O cartão de crédito consignado pode ser uma excelente opção para os aposentados e pensionistas.

Tomando os cuidados necessários e pesquisando quais são os melhores cartões de créditos para aposentados, os beneficiários do INSS poderão fazer utilização deste benefício de forma saudável e evitar dívidas desnecessárias.

Está cansado de esperar o funcionário da Coeba passar na sua casa para deixar a conta de energia na caixinha do correios. Todo mês é de lei o funcionário da empresa Coeba passar para fazer a leitura da sua energia e deixar sua conta atualizado no seu portão ou caixa de correios, mas as vezes você não encontra sua fatura e precisa acessar a internet para imprimir uma segunda via.

Neste artigo, vamos mostrar para os clientes de primeira viagem, como acessar o portal Coelba para imprimir a 2 via sua conta.

Siga os passos a seguir e veja como é simples obter a 2 via Coelba pela internet.

Passo a passo 2 via Coelba

  1. Com uma conta de energia Coelba antiga em mãos, acesse o portal da empresa no seguinte endereço http://servicos.coelba.com.br/ . Agora, localize no inicio do site a opção “Segunda Via” e clique nesta opção.
  2. A seguir, será aberto um Box que solicitará o número da sua conta contrato e o código de verificação que aparece na imagem abaixo. Informe os dados corretamente e cliente no botão “autenticar” para validar os dados.
  3. Após validar os dados informados o site irá apresentar suas contas em aberto. Escolha a conta que deseja pagar e clique na impressora para imprimir sua fatura.
  4. Imprima a fatura e faça o pagamento em qualquer agencia bancaria ou casa lotérica.

Simples, rápido e fácil. Pronto, é só isso que você precisa fazer para obter a segunda via da sua conta de energia Coelba pela internet.

Sempre que precisar imprimir uma segunda via, basta repetir este processo.

App Coelba

Além do portal Coelba, você ainda conta com o APP para obter a segunda via da sua conta, onde pode pegar o código de barras para pagar via internet banking.

O APP Coelba esta disponível para celulares com o sistema Android e IOS e para baixar, basta acessar sues Story e instalar o aplicativo no seu celular.

 

O Empréstimo é uma das melhores ferramentas financeiras para momentos em que um dinheiro extra é necessário, seja para resolução de problemas financeiros e contas atrasadas ou mesmo para a realização de sonhos como aquisição de um bem, ou alguma nova experiência, como uma viagem ou a realização de um curso.

É muito importante planejar bastante antes de realizar a tomada de um empréstimo, o planejamento deve considerar primeiramente a sua situação financeira atual, levantamento de todas as suas receitas e despesas, para que seja possível entender de fato como a parcela do empréstimo se enquadrará em seu orçamento.

Na sequencia, será muito importante buscar as melhores alternativas de linhas de crédito disponíveis que se enquadrem em sua realidade, é muito recomendado que busque alternativas com as menores taxas de juros possíveis, para evitar que o custo do empréstimo impacte demais em seu planejamento.

Empréstimos simulação Como fazer uma simulação de empréstimo grátis

Empréstimos, Simulação Convencional:

Existem diversas maneiras de se realizar empréstimos simulação de maneira convencional, você pode realizar a cotação através de sua instituição financeira, primeiramente através da internet ou então da consulta de seu gerente, para visualizar todas as opções disponíveis na instituição que você já possui relacionamento.

Na sequencia é importante que realize empréstimos simulação, em outras instituições do mercado, para que compare as taxas oferecidas pelo seu banco com as outras operações que estão disponíveis no mercado, essa simulação irá lhe ajudar a definir a melhor linha de empréstimo para sua realidade, além de entender se as opções oferecidas pelo seu banco estão de fato alinhadas com o mercado.

Empréstimos, Simulação Online:

Outro caminho bastante útil é a realização de simulação de empréstimos de maneira online, com o aumento do volume e avanços tecnológicos no mercado digital, foram criadas diversas empresas especializadas na atuação em empréstimos e simulação de empréstimos através da internet.

Nas simulações online é possível acessar diretamente os sites das próprias instituições financeiras, onde estarão disponíveis para simulação as linhas de crédito disponíveis do próprio banco ou instituição financeira.

Outra forma de simulação online é a realização de cotações através de sites comparadores, que através de uma plataforma de cotação, exibe as linhas de crédito disponíveis para sua solicitação de diversas instituições financeiras cadastradas na plataforma.

Esta modalidade de cotação online é muito útil para otimizar o seu tempo, já que através de um preenchimento único você terá disponível diversas opções disponíveis, economizando tempo e energia de cotar individualmente em cada instituição.

Podemos citar como exemplo o site “simuladordeemprestimos.com.br” nele estão disponíveis diversas instituições e linhas de crédito disponíveis no mercado de uma maneira bem didática, simples e ágil.

Avaliando os custos das operações:

Sempre ao realizar as simulações de empréstimos, é importante avaliar todos os custos envolvidos na operação, procure sempre nos contratos o Custo Efetivo Total (CET) da operação, essa informação é obrigatória e deve conter todos os custos envolvidos na operação, desde as taxas de juros, até encargos e outras tarifas.

Outro ponto bastante importante é sempre avaliar a instituição financeira antes de efetivar a operação, busque se existe o cadastro da instituição no banco central com autorização de comercialização da carteira de empréstimo e desconfie de qualquer pagamento antecipado que for solicitado para liberação de cadastro ou do empréstimo.

O medidor inteligente permite que você evite as contas elétricas estimadas e também aprenda rotinas para ser mais eficiente com a economia.

A mudança do medidor de luz para sua versão inteligente ainda está em andamento na Coelba. Como a tarifa de eletricidade por hora entrou em vigor em outubro de 2019, a importância desse dispositivo continua a crescer. Agora, como consumidores, que vantagens tem este dispositivo? Você economiza na conta de energia elétrica? Como? Aqui estão três razões pelas quais você tem um medidor de eletricidade inteligente.

Razão 1. Pagar pelo que é realmente consumido

A principal razão pela qual o medidor de luz inteligente já deveria estar em casa é que ele é mais preciso. Essa modalidade chegou ao mercado como uma resposta à tarifa de eletricidade por hora, com o que entre suas virtudes está o poder de saber quanto é consumido a cada momento.

Além disso, o fato de que os dados estão sendo enviados para a companhia elétrica permite alcançar a primeira grande conquista: o profissional de marketing terá dados reais sobre a despesa. Embora isso possa soar como um Big Brother da luz, na verdade significa que as contas que serão recebidas serão reais , eliminando as estimativas para cima que desequilibram a economia familiar a cada dois meses.

Como os recebimentos são fechados alguns dias antes de chegar ao final do mês e os números de consumo são repassados ​​pelo distribuidor com dias de antecedência, os últimos dias são estimados.

Para garantir que isso não aumente a fatura de forma desproporcional, algumas empresas notificam seus clientes por e-mail de quanto será o recibo para o final do mês, se continuar com o mesmo comportamento de consumo. Então, se for detectado que os números não coincidem, será o suficiente para enviar a leitura atual para a empresa naquele momento . A partir daqui, o profissional de marketing ajustará a fatura com base na despesa real.

Razão 2. Aprenda com o modo de consumo e economize

Como o medidor de luz inteligente registra constantemente o consumo de eletricidade, esse dispositivo pode fornecer muitas informações sobre como economizar no final do mês. Para isso, basta se cadastrar na área de clientes da empresa elétrica e acessar os dados coletados pelo contador.

Dessa forma, se você perceber que o maior consumo é feito à noite e tem uma taxa fixa, é possível solicitar a alteração para uma taxa com discriminação de tempo. Somente com esse gesto, a conta no final do mês será cortada consideravelmente, uma vez que essas tarifas têm a virtude de oferecer a metade do preço da noite do quilowatt-hora (kWh).

Da mesma forma, se for observado que os picos mais altos de consumo são feitos pela manhã, dois cenários serão colocados : mudar hábitos, se possível, para encontrar as horas mais baratas ou procurar uma empresa que forneça uma taxa flexível. Apesar de ter pouca oferta a este respeito, os grandes comerciantes sempre têm algum ás na manga para esses casos.

Razão 3. Evite esperar por técnicos

Um aspecto final é que o novo medidor inteligente permite que muitos procedimentos sejam realizados de forma telemática . Portanto, se você quiser expandir o poder da luz ou reduzi-lo, basta ligar para a empresa para fazê-lo diretamente, sem precisar encontrar um técnico que toque o dispositivo.

Nem será necessário escrever a cada mês o consumo na folha deixada pelo distribuidor no portal. Apesar disso pode ser banal para muitos, é um incômodo quando se trata de segundas residências em que vem pouco ou se você estiver em férias, não para mencionar o desnecessário que os vizinhos sabem se consumiu mais ou menos este meses

Além disso, o simples fato de que informações em tempo real estão sendo enviadas ao distribuidor possibilitará a detecção de qualquer problema mais rapidamente ; isto é, se houver uma falha técnica, a solução chegará mais cedo.

Em suma, embora o preço do aluguel do medidor inteligente seja um pouco maior do que o do antigo, como consumidor ele dá muito mais valor. Além disso, solicitar a alteração e realizá-la não tem custo.

O recurso de uma multa em um carro baixado é semelhante ao de qualquer outra infração, mas devemos prestar atenção à elaboração e apresentação de sua argumentação.

A violação de um carro descomissionado pode surgir em diferentes situações. Entre as causas para receber uma multa quando o carro está fora de circulação estão erros de identificação ou mesmo um atraso na reivindicação da penalidade . O remédio que deve ser apresentado para remover a penalidade é semelhante ao de qualquer multa de trânsito, mas devemos prestar atenção especial à redação e à abordagem do argumento.

Multas com interesses

Uma multa pode aparecer depois de um longo tempo, mesmo quando o veículo sancionado já tiver sido cancelado. Se a infração permanecer em vigor, pode envolver um pedido de juros e encargos que aumentem o montante e possam comprometer o patrimônio do proprietário. Contra este tipo de multas, um apelo pode ser feito à Direção Geral de Trânsito correspondente.

A possibilidade de recurso é encontrada no espírito da lei, a ponto de ser incluída na forma do próprio ato infracional . A partir daí, a subseqüente apresentação do recurso envolve um procedimento administrativo simples, que nem sempre requer a mediação de um advogado ou gerente. Em 95% dos casos, os recursos de insatisfação com infrações de veículos nas vias públicas são resolvidos em favor da Administração do detran go .

Tudo bem com um carro antigo

O caso de uma multa reivindicada em um veículo desativado pode ser devido a uma miríade de fatores e sua resolução administrativa não difere muito de qualquer outro processo de reivindicação.

A infração de um carro cancelado pode ser devido a um erro na identificação de um veículo ou um atraso no envio da multa pela Direção Geral de Trânsito.

  1. No caso de um erro na identificação de um veículo , pode ser demonstrado com facilidade que o proprietário do veículo está certo, já que a baixa mostrará uma data antes da data da multa . Isto pode ser verificado na Sede Detran Go, onde, uma vez verificada a retirada, a multa será anulada no mesmo procedimento e ex oficio, sem a mediação de um formulário de requerimento.
  2. Se a data da multa for anterior à retirada do veículo , ou seja, quando o carro ainda estiver em movimento, será necessário seguir as etapas da notificação pertinente, sem a qual não há obrigação de pagamento. Esta notificação é feita no endereço mostrado no título do carro em questão. Nesse caso, a multa poderá ser prescrita , o que deverá ser demonstrado pela reivindicação correspondente. Haveria, na verdade, uma falta de notificação regulamentar da dívida, o que pode anulá-la.

    A Lei de Trânsito indica que a prescrição de multa ocorre quando a administração excede o tempo de notificação . A expiração é baseada na infração:

    • O das folhas é de três meses.
    • O dos graves, de seis meses.
    • O muito sério é válido por um ano.

    Se a notificação for feita a tempo e forma, o portador pode enviar as alegações correspondentes, com as quais o tempo começará a ser executado novamente. Neste caso, a Administração terá quatro meses para responder, após o que, e se não, a multa expirará.

    Se a notificação foi enviada e o endereço não foi recebido, a Direção Geral de Trânsito pode exigir o pagamento da dívida mais juros .

    Em numerosas ocasiões, quando você altera seu endereço, esquece que o veículo descarregado ainda aparece no endereço.Se notificada, a multa será válida mesmo que o carro seja cancelado.

Providência da urgência

Se o que for recebido for uma ordem de execução de uma multa aplicada a um carro descarregado, a situação varia. Nesse caso, a agência tributária estará envolvida detran go, que é aquela que envia o pedido.

A ordem de urgência adverte que o período de pagamento voluntário da sanção já passou e exige o pagamento da mesma, com as sobretaxas de multa . Isso pode aumentar a sanção com uma sobretaxa de quase 20%, mais juros por atraso que corresponde. É um evento esperado em um veículo cancelado devido à extensão no tempo da situação de infração.

Contra a Providência do Apremio, apenas alguns argumentos de oposição são admissíveis :

  • Extinção total da dívida ou prescrição do direito de reclamar o pagamento.
  • Falha em notificar o acordo.
  • Erro ou omissão no conteúdo da ordem de restrição que impediu a identificação do devedor ou da dívida.

>Ter dois cartões, um de débito e outro de crédito, é o mais aconselhável para lhes dar um bom uso, controlá-los e evitar problemas como o endividamento.

Um, dois, três, quatro … quantas cartões ele tem? E quantos você usa? Especialistas dizem que não é conveniente ter muitos, mas qual é o número necessário e recomendado? A maioria dos especialistas aponta dois (três, no máximo) como o número ideal de cartões, incluindo débito e crédito. Como podemos pegar, então com eles será suficiente para fazer compras que precisamos e é uma quantidade de “plástico” acessível, o que permite manter a par dos cartões e adiar nossas finanças sem medo em dívida.

Does cartão, melhor do que três

Quase 54 milhões de cartões de crédito circulam em nosso país, segundo dados do Banco da Espanha. E entre débito e crédito, nós adicionamos 80 milhões de cartões , um recorde em 2018, já que eles são o dobro de 2010. Mas nós realmente precisamos de tantos “plásticos”? Parece que não, concluem os especialistas, que dizem que ter muitos pode ser contraproducente para nossos interesses econômicos.

Existe um número exato de cartões que não devemos ultrapassar? “Se falamos de cartões de crédito, a realidade é que um é mais que suficiente”, diz Luis Pita, CEO do Preahorro.com. Na verdade, seu melhor conselho é “deixar seu cartão de crédito em casa e usar um cartão de débito para as compras do dia-a-dia”. Por quê? Os cartões de débito têm uma boa parte das vantagens dos cartões de crédito em termos de seguro para o seu uso diário e “um benefício extra: eles não emprestam dinheiro, por isso não podemos gastar o que não temos”.

Outros especialistas, como Sofía Macías, autora do livro “Pequeno Cerdo Capitalista” , são a favor de um pouco mais. Macias, que adverte que “você não deve ter mais do que pode controlar”, indica que para ela “o máximo é três”.

Menos cartões, menos endividamento

Ter mais de um cartão é uma despesa para o usuário, já que poucos realmente têm custo zero. Mas o verdadeiro problema com cartões de crédito não é o que nós pagamos para a manutenção ou emissão, mas “têm mais só aumenta a possibilidade de gastar mais e, o que é pior, para usá-los mal , ” diz Pita. Existe realmente mais risco de dívida por ter mais cartões? Sim.

Cartões de crédito são muito úteis “e pode ser uma grande ferramenta se usado corretamente e está claro como eles funcionam”, diz o CEO da Preahorro. Um cartão de crédito permite que você compre no prazo: compre hoje e pague amanhã ou em parcelas com um mínimo mensal. Em troca, a entidade nos cobra uma série de juros, se atrasarmos o pagamento da fatura ou estabelecermos pagamentos mensais fixos. É perigoso, porque “é uma linha de crédito do que seria fechado ou, pelo menos, deveria fazer algo para virar”, diz o especialista.

E ele está convencido de que ter várias cartões é um risco adicional, porque “é uma tentação adicional de gastar mais”.Pré-poupança . com . Um cartão de crédito permite que você compre no prazo: compre hoje e pague amanhã ou em parcelas com um mínimo mensal. Em troca, a entidade nos cobra uma série de juros, se atrasarmos o pagamento ou estabelecermos pagamentos mensais fixos.

É perigoso, porque “é uma linha de crédito mais que de outra forma seria fechada ou que, pelo menos, teríamos que fazer alguma coisa para ativar”, diz o especialista. E ele está convencido de que ter várias cartões é um risco adicional, porque “é uma tentação adicional de gastar mais”.

Sofia Macías insiste na ideia do perigo de ter muitos cartões. Por quê? Podemos aceitar esse crédito “como uma extensão de nossa renda, quando não é”. Ter mais cartões nos leva a gastar mais. Além disso, “quanto mais cartões tivermos, mais difícil será acompanhar as compras feitas e o dinheiro gasto”, diz ele.

Um rastreador com seguro pode ser sinônimo de tranquilidade e segurança para você e sua família, além de diminuir os custos do seu seguro automotivo, confira as vantagens!

Rastreador com seguro

O que é um rastreador com seguro?

O rastreador com seguro funciona através de GPS ou radiofrequência, dependendo do alcance desejado, através dele é possível monitorar e localizar o seu veículo em qualquer lugar.

Algumas seguradoras trabalham com comodato do rastreador com seguro inclusive abatendo o valor nas parcelas do seu seguro. Assim você tem as duas coisas em um único contrato.

 

Vejamos alguns motivos pelos quais você deveria adquirir um rastreador com seguro para o seu carro:

 

Localização e recuperação do veículo

Em caso de roubo ou furto, as chances de recuperação do seu carro se aproximam de 100%, já que o rastreador com seguro, permite acompanhar a movimentação e localização do seu carro em tempo real.

Se o seu carro for roubado e você possui um rastreador é importante comunicar a empresa responsável imediatamente, já que normalmente as empresas não se responsabilizam em casos de roubo se o carro for desmontado.

Desta forma, notificando com brevidade os riscos de perda são menores.

 

Seu seguro mais barato e em um único contrato

Se você tiver instalado um rastreador com seguro, o seu seguro veicular sairá mais barato, já que como o rastreador auxiliar na recuperação do carro em caso de furto.

Assim com você poderá ter uma economia de aproximadamente 20% no valor do seu seguro automotivo, e ainda poderá ter os dois serviços, seguro e rastreamento em um único contrato.

 

Segurança para quem você ama

O rastreador com seguro é essencial em casos de sequestros, por exemplo, uma vez que em poucos minutos é possível as autoridades localizarem o paradeiro da vítima.

Dependendo do modelo do seu rastreador com seguro, ele ainda pode contar com um “botão do pânico”, e pode ser acionado em caso de ameaça, ou pode avisar o motorista caso o veículo saia de um perímetro preestabelecido.

 

Controle de trajetos

O rastreador com seguro, é útil também para controlar o trajeto de mercadorias em tempo real, ou monitorar os trajetos realizados pelo seu veículo.

Assim é possível verificar o andamento de uma entrega e/ou dos seus familiares em tempo real, o que pode ser relevante para comerciantes e distribuidores.

 

Cabe no seu bolso

Os preços de instalação e monitoramento do rastreador com seguro é acessível, e não encarece de acordo com o ano do seu carro, como ocorre com os contratos de seguros.

Além disso, ao contratar o seguro juntamente com o serviço de rastreamento, os valores costumam ser mais baixos, já que são dois serviços em um único contrato.

 

Então, antes de escolher o seu rastreador, verifique as opções da operadora para contratar juntamente o seu seguro automotivo, com certeza você terá muito ganhos.

Afinal, não faltam motivos para que você adquira um rastreador com seguro, sua segurança patrimonial e da sua família agradecem!

Independentemente do tipo de seguro que você esteja pensando em contratar, a mesma pergunta sempre vem à mente: será que vale a pena? É necessário ter planejamento para investir em um, afinal, será uma parcela que entrará no orçamento mensal. Mas sim, vale a pena investir em um seguro. Seja ele qual for.

É importante levar em consideração qual ou quais são as prioridades de você e sua família. Assim, você saberá em qual tipo de seguro investir. Tendo essa certeza, verá o quão vantajoso é ter um seguro.

Listaremos para você os principais tipos de seguros e suas vantagens.

Quais são os tipos de seguro?

Existem vários tipos de seguros, para, praticamente, todos os tipos de situação. Os principais são:

Seguro de Vida

O principal objetivo do seguro de vida é impedir que você e sua família passem necessidades em caso de morte. O seguro de vida ajuda você na manutenção do padrão de vida familiar. Ele é fundamental para o seu planejamento financeiro, pois protege todo o patrimônio que você construiu. O seguro de vida cobre em casos de:

  • Morte;
  • Morte acidental;
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente;
  • Invalidez permanente por majorada;
  • Invalidez laborativa;
  • Invalidez funcional;
  • Diárias por incapacidade temporária;
  • Despesas médico-hospitalares e odontológicas;
  • Diária de internação hospitalar;
  • Doenças graves.

Seguro de Veículos

Esse é um tipo de seguro indispensável para quem possui um carro. Proteger o seu patrimônio é necessário, afinal, a taxa de roubos e furtos tem aumentado consideravelmente todos os dias. O seguro de veículos faz cobertura em casos de:

  • Colisão;
  • Incêndio;
  • Roubos e Furtos;
  • Danos materiais, corporais e a terceiros;
  • Assistência 24 horas

Seguro Empresarial

Se você possui um empreendimento, seja ele pequeno ou não, sabe os riscos de mantê-lo aberto. Por isso, sente a necessidade de sempre protegê-lo. O seguro empresarial protege o seu negócio. As principais coberturas são:

  • Incêndio, explosão e fumaça;
  • Danos elétricos;
  • Assalto de bens e mercadorias;
  • Responsabilidade civil empregador;
  • Danos morais;
  • Desmoronamento;
  • Despesas fixas;
  • Outros.

Seguro Imobiliário

Esse tipo de seguro oferece proteção ao seu imóvel. Ele é obrigatório em caso de bens ofertados por imobiliárias e administradoras de imóveis. Os principais tipos de cobertura são:

  • Seguro residencial;
  • Seguro Habitacional;
  • Seguro condomínio;
  • Seguro Aluguel;
  • Seguro Residência Veraneio;
  • Seguro Mansão;
  • Seguro fiança;
  • Danos morais;
  • Quebra de vidros;
  • Vazamento de tubulações;
  • Vendaval, furações, ciclones;
  • Tornado
  • Quebra de granizo.

O seguro imobiliário não é caro, é fácil e sem burocracia. E todas as empresas ou residências devem ter.

Esses são os principais tipos de seguros existentes e também são os mais comercializados. Tê-los em sua vida é viver com tranquilidade por saber que, caso aconteça algo, poderá recorrer a ele.

Existem outros tipos de seguros como:

O que é importante na hora de contratar um seguro?

Seja qual for o tipo de seguro que você quer investir, ele tem o objetivo de manter o seu equilíbrio financeiro e não ter lucro. Por exemplo, se a sua casa for incendiada, ele não lhe dará a chance de comprar uma casa maior. Ele somente irá garantir que você não tenha dívidas para reformar sua casa.

Ao contratar um seguro, isso não pode afetar negativamente o seu orçamento. Por isso, contrate um seguro que caiba em seu orçamento. Se o seguro for muito alto e você não der conta de pagar, acabará perdendo os benefícios que o serviço te oferece e também dinheiro. Além de ficar totalmente endividado.

Faça um planejamento financeiro, coloque no papel todos os seus gastos e veja se realmente tem condições para contratar um seguro. Caso não tenha, espere ter para iniciar um plano e comece a economizar.

Um seguro realizado de forma impensada é um mau negócio. Ele deve trazer tranquilidade para você e não dor de cabeça. Por isso, coloque na balança todo o seu orçamento.

Ao pensar em contratar um seguro, avalie e pesquise sobre a integridade da seguradora. Veja se ela é bem recomendada e se os serviços prometidos serão garantidos.

Gostou da possibilidade de contratar um seguro? Quer dar mais tranquilidade para você e sua família? Que tal contratar um?

Com um investimento bem pensado, esse será o maior lucro que você terá: a segurança!