Finanças

Categoria relacionada a empreendedorismo, finanças, administração e negócios.

Atualmente é impossível se manter longe da internet por muito tempo, ela nos ajuda em assuntos do trabalho, assuntos pessoais e assuntos financeiros como arrumar um emprego e para muitas pessoas pode ser inclusive uma forma de trabalhar a distância, porém a maior parte dos provedores de internet cobra valores que não são exatamente agradáveis para o bolso, por isso resolvemos criar esse post com uma solução para quem quiser contratar um serviço de internet mais barato e usar livremente, assim você consegue se manter conectado pagando menos e pode se organizar melhor, vamos então tentar explicar aqui como funciona a Banda Larga popular e como contratar.

Popular mas não de graça

Primeiro de tudo é bom deixar claro que a Banda larga popular não é um serviço gratuito, na verdade ele é um serviço que pode ser contratado mas o diferencial é que a banda larga popular oferece preços mais em conta, internet barata para quem quer fazer um uso leve da internet como ver vídeos, responder e mails e mandar mensagens, nesse sentido você vai receber uma conexão de internet que não vai ser tão rápida quanto às demais opções do mercado mas que definitivamente é uma opção bastante boa para quem quer economizar um pouco, se você por exemplo viaja muito e não quer pagar um plano de internet que apenas ia servir para sua casa ou se você está desempregado e precisa da internet para procurar um emprego então a Banda larga Popular é uma opção excelente.

Banda Larga popular não é do governo

O segundo ponto nessa análise é que a banda larga popular não é um serviço social oferecido pelo governo para apenas algumas pessoas, é um serviço que está disponível em todas as operadoras telefônicas do brasil e que você pode contratar quando quiser desde que siga as instruções específicas da sua operadora, isso é importante para você saber que por ser um produto comum você não precisa passar por uma análise vexatória de crédito apenas para contratar o serviço, você apenas tem que escolher uma operadora que seja adequada e que você costume usar os serviços e fazer o contrato por si só sem medo de perder o direito de uso ou coisas do tipo que acontecem com programas sociais.

Velocidades aceitáveis

A maior diferença entre o Banda larga popular e os demais pacotes de conexão das operadoras é a velocidade oferecida, alguns provedores de internet podem oferecer pacotes que chegam a 50mb de velocidade o que é ideal para empresas com escritórios mas não exatamente útil para quem apenas quer usar a internet de forma casual, nesse sentido a Banda larga popular têm pacotes de até 2mb de velocidade o que é o suficiente para assistir suas séries e usar seus aplicativos normalmente ou mesmo navegar no youtube, então é realmente uma boa opção quando você quer ter uma conexão deste tipo e acha que os valores cobrados pelas demais empresas de conexão é muito caro.

Como contratar Banda Larga popular?

Primeiro você precisa entrar no site da sua operadora e checar se o serviço está disponível na sua região, se estiver então você deve escolher qual operadora contratar e fazer o cadastro pelo próprio site ou pelo telefone de atendimento da operadora que vai estar disponível no site, atualmente às duas operadoras com as melhores vantagens para esse pacote no Brasil são a Vivo e a OI, a vivo oferece um modem de conexão sem cobrar extra por isso então você pode se conectar em qualquer lugar com seu notebook sem muita dificuldade enquanto que a Oi permite que você use o mesmo pacote para conectar no computador ou no celular de acordo com a sua escolha no momento então às duas são boas opções a depender do seu uso para cada situação.

Caso o serviço ainda não esteja disponível na sua região então você pode fazer um pedido oficial no site da sua operadora e eles levam esses pedidos em consideração sempre que uma nova cidade ou município vai ser escolhido para expansão do atendimento então vale a pena fazer o cadastro, além disso mesmo que sua operadora principal não esteja disponível ainda na sua região vale a pena olhar nos sites das outras pois pode ser que uma delas já tenha o serviço na sua região e nesse caso você não teria que esperar e nem ficar sem conexão.

O que é banda larga popular e como contratar

A Tokio Marine Seguros é uma empresa que atua no ramo de seguros automotivos no mercado brasileiro. A marca está presente no mercado a vários anos e é uma das opções mais procuradas pelos motoristas, tendo milhares de clientes espalhados por nosso país. Oferecendo um serviço de qualidade e atendimento exclusivo a Tokio Marine Seguros se tornou uma referência no mercado.

Tokio Marine Seguros

Por que contratar um seguro automotivo para o meu carro?

Essa é uma pergunta que muitos brasileiros têm. Afinal de contas, devo ou não contratar um seguro automotivo para o meu carro? A resposta é muito simples, é só pararmos para analisar o atual panorama do trânsito do nosso país, você se sente seguro ao sair de sua casa? Tem total segurança que seu carro estará estacionado te esperando no mesmo local que o deixou?

Infelizmente a qualidade do trânsito brasileiro é uma das piores do mundo todo, enfrentamos em nosso país dois grandes problemas, o primeiro diz respeito a grande imprudência de alguns motoristas, que dirigem embriagados, sem o mínimo de responsabilidade em cumprir as leis de trânsito, com isso surgem tantos acidentes com vítimas que são noticiados todos os dias nos jornais.

O outro grande problema do trânsito de nosso país, é o grande número de roubos e furtos que acontecem todos os dias envolvendo veículo. É impossível garantir que nossos carros ainda estarão lá quando nós voltarmos de um almoço, ou do trabalho. A realidade brasileira é triste, não sentimos confiança e a todo momento vivemos com o perigo de perdermos nosso carro.

Conheça um pouco melhor a Tokio Marine Seguros

Em meio a esse cenário caótico em que se encontra o trânsito brasileiro, cada dia se faz mais necessário a contratação de um seguro automotivo, e uma das opções mais procuradas pelos motoristas é exatamente a Tokio Marine Seguros, uma marca já consolidada no mercado brasileiro que atendeu a milhares de clientes.

A marca nasceu no Japão e após alguns anos chegou em nosso país. Hoje, a Tokio Marine Seguros se orgulha de unir duas culturas distintas para oferecer o melhor atendimento aos clientes. Em seu site a própria seguradora destaca o fato de ser uma das dez maiores seguradoras do mercado brasileiro, ter emitido quase R$ 5 bilhões em prêmios no ano passado e prestar serviço para mais de 26 mil corretores.

Quais os diferenciais oferecidos pela Tokio Marine Seguros para os seus clientes?

A Tokio Marine Seguros, além do já conhecido seguro automotivo, também atua em outras áreas, como por exemplo, o seguro residencial e o seguro de vida. O grande diferencial da marca, está no seguro voltado para empresas, pois oferece vantagens exclusivas e planos especiais para diversos segmentos do mercado.

Dentro do seguro para empresa, a Tokio Marine Seguros, oferece as seguintes coberturas, aeronáutico, para pequenas e médias empresas, para construtores, projetos habitacionais, de riscos elétricos e para produtores rurais. São diversos planos, pensados a atender todos os tipos de empresários.

O seguro DPVAT tem por finalidade indenizar as vítimas de acidentes de trânsito causados por veículos automotores. Você sabe quem tem direito de receber essa indenização? Saiba o que é o DPVAT, o que ele cobre e quem tem direto a receber o seguro.

Quem tem direito ao seguro DPVAT

Seguro DPVAT

O seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores Terrestres) é uma indenização paga as vítimas de acidentes de trânsito, independente da quantidade de pessoas ou responsabilidade pela causa do acidente, de acordo com a Lei 6.194 de 1974. Diferente dos outros tipos de seguro, o DPVAT não cobre danos materiais.

A taxa do IPVA deve ser paga obrigatoriamente uma vez ao ano junto ao IPVA (Imposto de renda Sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Mesmo para os proprietários de veículos que tenham isenção no IPVA, o pagamento da taxa do seguro DPVAT continua sendo obrigatório de acordo com a lei.

Quem pode receber o seguro DPVAT?

A indenização é paga as vítimas de acidentes de trânsito independente de serem pedestres, motoristas ou passageiros, mesmo que não paguem ou não estejam com o IPVA e taxa do DPVAT em dia, desde que apresentem os documentos necessários juntos ao posto de atendimento do seguro DPVAT no prazo correto.

Cobertura do seguro DPVAT

Como mencionado anteriormente, o seguro DPVAT não cobre danos materiais, pois é destinado somente a problemas causados às vítimas por conta do acidente de trânsito.

Confiram quais são as coberturas do seguro DPVAT:

– Despesas médico hospitalar, medicação e cirurgia: Neste caso a vítima será indenizada referente às despesas que teve com medicações, internações, exames e cirurgias, desde que apresente os comprovantes e/ou laudos médicos que o hospital tem a obrigação de fornecer ao paciente diante desta situação.

– Invalidez permanente: Em casos de invalidez permanente decorrente do acidente a vítima terá direito a receber a indenização com valores que variam de acordo com o grau de invalidez.

– Falecimento: Os beneficiários têm o direito de receber a indenização DPVAT pelo falecimento, caso apresente documentos que comprovem o grau de parentesco ou relação com a vítima.

Como dar entrada no Seguro DPVAT

Para dar entrada e receber o seguro DPVAT a vítima ou representante legal deve procurar um posto de atendimento como a seguradora líder, que é responsável pela administração do seguro.

Será preciso apresentar alguns documentos que comprove o acidente, gastos com despesas, relação de parentescos e outros, para requerimento da indenização DPVAT. Confira-os a seguir:

– Comprovante de residência;

– RG e CPF;

– Boletim de ocorrência do acidente;

– Comprovante de despesas médico hospitalar, remédios, cirurgia, laudos e outros.

– Em caso de falecimento, apresentar documento que comprove o grau de parentesco ou relação com a vítima (certidão de casamento, registro de nascimento que contenha filiação, procuração, testamento e outros).

O prazo para dar entrada no seguro DPVAT é de 3 anos contando a data do acidente, após esse prazo não será possível o recebimento.

Após dar entrada no requerimento da indenização, o pagamento será realizado em até 30 dias, excetos em casos de acionamento judiciário que pode demorar um pouco mais.

tabela fipe

Uma das ferramentas mais utilizadas quando pensamos em adquirir ou vender um veículo é a tabela Fipe. Você sabe como consultar a tabela Fipe? Neste artigo ensinaremos como realizar a sua consulta e mostrar uma breve resenha sobre o que é e como funciona a tabela.

Tabela Fipe

Antes de consultar a tabela Fipe, precisamos entender qual a sua função e porque ela é utilizada como referência nas negociações de veículos.

Ao vender ou comprar um veículo, seja moto, carro, caminhão ou até mesmo ao acionar um seguro para o seu automóvel, a tabela Fipe é uma poderosa ferramenta que nos auxilia a ter base para negociar valores e não ser enganados.

A tabela Fipe foi criada pela Fundação Instituo de Pesquisas Econômicas para calcular a média de valores da compra e venda de veículos brasileiros de acordo com cada modelo e ano de fabricação.

Como funciona a tabela Fipe?

Muitas pessoas preferem consultar a tabela Fipe antes de fazer a negociação e definir os valores de revenda ou compra de veículos. Mas, como essa ferramenta funciona?

Para simplificar o entendimento, consultar a tabela Fipe é benéfico porque essa ferramenta mantém o registro de negociação de veículos que acontecem durante o mês e fazem a divulgação dos valores, nos meses a seguir, é realizado uma média dessas negociações.

A tabela Fipe faz um cálculo referente aos valores de cada estado nacional de acordo com o ano e modelo do veículo, excluindo preços muito discrepantes (valores que estão fora das condições comuns), ou seja, é calculada uma média dos valores de automóveis novos e usados em território nacional a fim de servir como base para negociações ao consultar a tabela Fipe.

Porém, não existe lei ou regulamentação que obrigue o vendedor e comprador a utilizarem a ferramenta para negociação, portanto, mesmo que você esteja ciente de um valor fixo ao consultar a tabela Fipe, pode ser que o mesmo não seja negociado por ambas as partes. Sendo assim, a tabela Fipe serve somente como referência para evitar que seja negociado valores muito discrepantes.

Como consultar a tabela Fipe?

Esse sistema diferencia os valores dos automóveis por modelos, marca e ano. Quem deseja consultar a tabela Fipe pode encontrar os valores do veículo que deseja de forma simples e prática.

Os veículos que podem ser consultados na tabela Fipe são: Motos, carros e caminhões novos e usados.

Passo a passo

  1. Ao acessar o site da Tabela Fipe, na parte inferior da página terá a opção de clicar na categoria de veículos que pretende pesquisar.
  2. Após clicar na opção que deseja, aparecerá campos que devem ser preenchidos para consultar a tabela Fipe. O primeiro deles é o período de referência em que está realizando a pesquisa.
  3. Depois preencha os demais campos com informações sobre marca, modelo e ano do veículo.
  4. Em seguida, clique na opção pesquisar e aguarde o resultado de sua busca.

Você também pode consultar a tabela Fipe através do aplicativo disponível para smartphones nas plataformas Google Play e Apple Store.

O consórcio de carro é saída financeira para muita gente. Em tempos de crise e de incertezas econômicas, é o caminho mais procurado por quem quer o primeiro carro da vida ou trocar o que já tem. Brasileiros de todos os cantos acessam esse caminho em busca de realização do bom e velho sonho do carro próprio.

A revista Exame fala desse caminho. Mas teria ele muitas curvas? Ou esquinas? Haveria pedras no caminho?

São essas e outras questões que esta apresentação vai levantar. E responder. Justamente por ser bastante procurado, há opções das mais variadas para consórcio de carros. Muitas delas com regras próprias, apesar de haver órgão oficial que fiscaliza e regulamenta o mercado.

Você pode (e deve) deixar suas dúvidas, se tiver, no campo de mensagem ou enviar e-mail para nossas equipes. Elas são especialistas em dicas financeiras, especialmente em consórcio.

Antes, vamos conhecer o básico, pois muitos gostariam de saber …

consórcio de carro

O que é consórcio de carro

Um consórcio em si é modalidade financeira de qualquer sistema econômico para aquisição de um bem qualquer, de motos a casas e a serviços. Operadores de consórcios mais… digamos… românticos dizem que se trata de porta da felicidade e dos sonhos; os mais técnicos o veem como uma espécie de poupança forçada para autofinanciamento.

Se você pensar bem, é isso mesmo. Você pode ter impulso de não alimentar sua conta-poupança; no consórcio, você se obriga a depositar o valor mensal firmado; é autofinanciamento porque você recebe o bem. Assim, é mesmo porta da felicidade.

E como funciona?

A ideia do consórcio de carro é bem simples em sua estrutura econômica.

Grupos de consórcio de carro

Uma agência operadora da modalidade (veja mais abaixo) constitui grupos de consorciados, chamados também de cotistas de consórcio de carro, interessados em adquirir um veículo.

A agência estipula um valor mínimo mensal para cada grupo de cotista com base nos cálculos dos meses e do montante firmados em contrato. O valor total é administrado segundo a experiência da agência no mercado financeiro a fim de dar segurança aos cotistas. É a ideia de fundo de investimento em poupança mencionada acima.

Reuniões de consorciados

A operadora organiza reuniões mensais (ou bimestrais, a depender das regras internas) com cada grupo de cotistas. Assim, informações diversas, anúncios importantes, eventuais alterações de regimento etc. são discutidos por todos. É, portanto, semelhante às assembleias de condomínios.

O objetivo principal de tais assembleias é promover …

Sorteios ou ofertas de lances em consórcio de carro

O consórcio de carro pode ser encarado como modalidade de financiamento de bem que envolve dois fatores importantes: sorte e condições financeiras. Se você for sortudo, pode contar com sorteios mensais organizados pela administradora. Neste caso, você pode adquirir seu veículo em pouco tempo.

Porém, se dispuser de recursos, pode oferecer lances (valores) nas assembleias. Se o seu for o maior, recebe autorização para obter o bem de imediato.

Entretanto, de uma ou de outra forma, você recebe o objeto alvo do consórcio:

  • Com sorte, recebe o bem
  • Com suporte financeiro, recebe o bem
  • Sem sorte e sem recursos, recebe o bem até prazo final de vigência do seu grupo

Carta de Crédito de consórcio

Você recebe sua carta de crédito de consórcio ao ser sorteado ou oferecer maior lance ou mesmo ao fim do prazo de vigência do consórcio. Com ela, pode adquirir o veículo desejado. Trata-se de uma espécie de atestado emitido pela administradora que você apresenta na agência de carros ou na financiadora.

Lembrando que você também pode utilizar parte do valor oferecido pela carta de crédito para pagar outros serviços automotivos, como o pagamento do IPVA e o seguro de carro.

A administradora do consórcio de carro

A gerenciadora do consórcio de carro deve ser empresa devidamente constituída com CNPJ, registro nos órgãos competentes e regulamentada pelo Banco Central, que é a autoridade máxima também nesse ramo de negócios. Por esse ponto de vista, é importante que você pesquise, que se informe muito sobre o histórico dela.

Cuidados especiais

Não se esqueça de que você precisa ter todo o cuidado que qualquer relação financeira impõe. Já falamos acima da importância da pesquisa. Isso se dá porque cada administradora detém regras próprias – apesar ser sujeita à fiscalização oficial.

  • Contrato: leia atentamente; se possível, com auxílio de um advogado
  • Promessas: desconfie de oferta de vaga já contemplada com a carta de crédito ou apontamento de data para contemplação – a administradora é proibida de prometer algo semelhante. Como dito acima, isso depende de sorte ou de recursos próprios
  • Recursos: analise friamente suas condições financeiras. A depender das regras da administradora, você pode ser problemas sérios para se desligar ou receber parte do valor investido
  • Grupos: é possível você conhecer o processo de formação dos grupos. Assim, pode formar a impressão necessária para decidir participar ou não
  • Sorteio e lances: certifique-se do processo de sorteio e de oferta de lances antes de entrar no grupo

Bem, como vimos, consórcio de carro é mesmo porta da felicidade. Entretanto, como todo momento de felicidade, é importante que você avalie muito os caminhos para chegar até lá.

O tema é bastante amplo. Há muito mais informações. As que passamos acima são as mais importantes.

Bons negócios pra você!

Investir o seu salário é importante para construir um bom patrimônio futuro. Assim, você assegura uma qualidade
de vida inclusive na aposentadoria.

A dica é fazer com que o seu salário trabalhe por você. E para isso, você precisa escolher um investimento de
qualidade, que vai te proporcionar ganhos futuros.

A prioridade é criar um futuro seguro, tranquilo e confortável.

Você só precisa se questionar sobre os seus objetivos. Para garantir um futuro de qualidade, é importante
estabelecer metas alcançáveis.

vida financeira

As metas podem ser de curto, médio ou longo prazo. Você pode investir em uma viagem após a graduação, em
uma futura casa, um carro, entre outros objetivos que te façam ter prosperidade financeira. É você quem vai definir
as suas prioridades.

O cenário econômico dos dias de hoje está melhorando. Os grandes índices inflacionários de 2015 e 2016 foram
superados, o que fez com que mais pessoas procurassem por orientações financeiras de qualidade e confiança. O
primeiro passo é entender como administrar o seu dinheiro.

Por isso, antes de começarmos a falar sobre as modalidades de investimento e as especificidades da Bolsa de Valores, você precisa saber como montar um planejamento adequado. É apenas dessa forma que você garante
uma boa atuação.

Vamos te apresentar, a seguir, nossas principais dicas para auxiliar na sua educação e orientação financeira.
Acompanhe:

1. Comece a investir desde cedo

O seu dinheiro precisa estar rendendo para o seu futuro desde jovem. Quanto mais cedo você notar o potencial de
um bom investimento, melhor para conseguir a prosperidade financeira.

Não podemos falar de uma idade adequada para investir. Quando você começa jovem, os juros compostos
poderão ter um impacto muito forte no futuro. Por isso, você amplia as suas chances de rentabilidade quando
começa a investir em uma idade mais jovem. Sendo assim, não deixe este assunto para depois!

2. Saiba montar um bom planejamento financeiro

É comum que as pessoas estejam interessadas em conseguir independência e prosperidade financeira.
Entretanto, a maioria não quer se informar sobre como planejar com qualidade.

O primeiro passo para todo planejamento financeiro é a motivação pessoal, é a crença no sucesso dos seus
investimentos. Você ainda precisa estabelecer uma série de objetivos concretos e alcançáveis para tornar o seu
planejamento um pouco mais tangível.

 

3. Faça aportes mensais na sua carteira de investimentos

Para começar a investir, é importante conhecer a realidade das suas finanças e o seu estilo de vida, para entender
sobre gastos.
É essencial, se você tem uma fonte de renda fixa, deixar um valor programado para investir todos os meses. Você
pode começar com 300 ou 400 reais e aumentar essa renda investida sempre que você ganhar um dinheiro extra.
Assim, você já garante um valor estável todos os meses.

 

4. Entenda mais sobre as diversas opções de investimentos

As duas principais modalidades de investimentos seguros e rentáveis disponíveis em nosso país são:

Tesouro direto

O Tesouro Direto é uma das modalidades mais populares, pois é considerado extremamente seguro. Ele foi
criado em 2002 por meio de uma parceria entre o governo e a Bovespa. Seu intuito era permitir que mais
brasileiros tivessem acesso aos investimentos, uma vez que o mínimo de renda para investir é de 30 reais.
O que acontece quando você compra um título público do Tesouro Direto? É como se você estivesse fazendo um
empréstimo para o Governo Federal. Em troca, ele te devolve, no futuro, o dinheiro acrescido de uma taxa de
juros.
A rentabilidade e a liquidez diária são outros fatores de peso, que estimulam o investimento. Sem contar que você
pode investir pouco e mesmo assim faturar. É uma boa oportunidade para quem tem menor renda.

CDB

O chamado Certificado de Depósito Bancário é uma aplicação feita diretamente em bancos. Na prática, o banco
pega o seu dinheiro emprestado para financiar as suas próprias atividades.

O valor da aplicação inicial vai depender do banco que está emitindo. Entretanto, na maioria das vezes, esse valor
é baixo. Você já pode ter um excelente investimento com menos de 1.000 reais.

Para entender um pouco mais de como iniciar os seus investimentos, aconselhamos que acompanhem o seguinte
blog: https://bonsinvestimentos.com.br/

5. Tenha muita paciência e disciplina

Se você quer ser um excelente investidor e atingir os seus objetivos, você vai precisar de paciência e disciplina.
Se você atuar de maneira precipitada, principalmente em mercados de renda variável, como a bolsa de valores,
pode acabar perdendo praticamente tudo. Nada de se deixar levar pela empolgação!
O que não pode acontecer é ter um início de investimentos com prosperidade e depois se perder e comprometer o
seu ritmo ao longo dos meses.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para te ajudar a melhorar a sua vida financeira. Se tiver alguma dúvida,
deixe um comentário. Ficaremos felizes em poder te ajudar!