Finanças

Categoria relacionada a empreendedorismo, finanças, administração e negócios.

Durante uma transferência entre contas de bancos distintos, seja ela DOC ou TED, é muito comum que os bancos solicitam um código. Se você vai transferir algum valor para o banco Caixa, é bom saber o código Caixa Econômica.

Essa numeração, é comum a todos os bancos e contas, digital ou não, como é o caso da NuConta. Sendo assim, ela é importante para que no momento da transferência ou do pagamento de algum boleto, você consiga identificar a destinação, ou seja, o banco do seu destinatário.

Por isso é fundamental que você tenha os documentos do seu destinatário, além do código Caixa Econômica ou do outro banco que você for fazer a transferência. Assim, você fará uma transação mais segura e eficiente.

Qual o Código caixa Econômica?

O código Caixa Econômica para realizar qualquer tipo de transferência para bancos distintos através do TED ou DOC é o 104. Então, atente-se que todas as suas transações para contas do banco Caixa Econômica devem ter esse código de identificação do banco.

Caso a transação seja feita de Santander para Santander, por exemplo, não há código algum. Isso porque entende-se que essa transação é entre contas do mesmo banco.

Sendo assim, você não será taxado e essa transação será mais descomplicada. Mas e ai, como descobrir qual é o código correto.

Qual o código Caixa Econômica?

Você sabia que o código Caixa Econômica ou de qualquer banco que você vá fazer alguma transação, pode ser encontrado na internet? Isso mesmo. Na internet você terá várias listas para encontrar o seu código Caixa Econômica.

Ao acessar o Google, ele te dará como opções os vários códigos para transferências nas mais varias instituições bancárias. Mas, caso as dúvidas ainda persistam, entre em contato com o banco no qual você irá fazer a transação ou entre no site dele para tirar essa dúvida.

O empréstimo com garantia, é um dos empréstimos que tem a taxa de juros mais baixas no mercado. Para quem precisa quitar dívidas, reformar a casa, investir na empresa é uma ótima oportunidade. O empréstimo com garantia tem baixas taxas de rejeição e pode ser solicitado por quem está negativado também. Nesse artigo vamos explicar como funciona esse tipo de empréstimo e quais opções existentes.

Empréstimo com garantia de veículo

O empréstimo com garantia de veículo é recomendado para quem precisa de um empréstimo com um valor menor, o mínimo concedido é de R$ 5.000. Para solicitar esse tipo de empréstimo, é preciso ter um carro ou moto quitados em seu nome, pois esse bem que ficará alienado. É possível solicitar em bancos e financeiras, e é conhecido como refinanciamento de veículo, geralmente é oferecido entre 50% e 90% do valor do carro

Caso não haja pagamento do empréstimo, o carro será tomado pelo banco ou financeira.

Empréstimo com garantia de imóvel

Esse tipo de empréstimo com garantia, também conhecido como refinanciamento imobiliário, geralmente é solicitado quando se precisa de uma alta quantia de dinheiro. Dependendo de onde for fazer o empréstimo, é possível chegar a valores que correspondem até 60% do valor do imóvel, em termos de dinheiro, isso pode chegar até R$ 2 milhões de financiamento.

Para pedir o empréstimo com garantia de imóvel é necessário ter um imóvel residencial ou comercial quitado e em seu nome. As taxas de juros costumam ser bem baixas e o prazo de pagamento varia entre 1 ano, podendo chegar até 20 anos, dependendo do valor do empréstimo.

Mas lembre-se que é preciso uma boa organização financeira e comprometimento com as parcelas, pois caso as parcelas não sejam pagas, seu imóvel poderá ir para leilão.


Muitas pessoas passam por momentos difíceis e precisam emprestar dinheiro, as dívidas vão se acumulando e você precisa de alguma forma ter um dinheiro extra. Então, se você está nessa situação e irá fazer um empréstimo, tem que saber que fazer uma contratação ruim de empréstimo, só piorará a sua situação financeira. Afinal, garantir as melhores condições é fundamental para restabelecer a saúde financeira. Para isso, você deve recorrer a simular empréstimos.

Mas o que é simular empréstimo?

Simular empréstimo é muito simples, e nada mais é do que você fazer a utilização de ferramentas que estão disponíveis na internet para facilitar a sua vida. Com isso, você pode pesquisar e simular empréstimos de várias modalidades diferentes e isso tudo sem ter que ir pessoalmente a um banco ou uma instituição financeira.

Através do simular empréstimo é possível você ter informações completas do que você está buscando, diretamente do seu computador, smartphone, tablet ou qualquer outro dispositivo que tenha acesso à internet. O resultado da busca sai em instantes e na maioria dos sites estão disponíveis consultores online para você tirar suas dúvidas ali mesmo.

Formas de simular empréstimo na internet

Atualmente, existem várias formas de você simular empréstimos na internet. Veja a seguir as 6 formas mais comuns:

  1. Sites de financeiras;
  2. Sites de bancos;
  3. Sites de banco de varejo;
  4. Aplicativos para smartphones;
  5. Blogs de empréstimos;
  6. Sites de cooperativa de crédito.

Dessa forma, você pode escolher a opção que mais te agrada e simular empréstimos para você contratar aquele que mais se adequa as suas necessidades e se encaixa em seu orçamento.

O que preciso para simular empréstimo na internet?

Para você simular empréstimos na internet, basta você acessar o site de alguma das formas citadas acima e inserir algumas informações. Após inserir as informações necessárias o sistema irá calcular os valores e te mostrará as opções disponíveis. Tudo isso é feito em poucos segundos.

Veja abaixo as informações que precisa fornecer:

  • Nome;
  • RG;
  • CPF;
  • Endereço;
  • Renda mensal;
  • Telefone e e-mail para contato.

Iniciar um negócio é trabalhoso e estressante, mas a parte mais difícil é mantê-lo. Especialmente quando se é autônomo ou microempreendedor chamar atenção do público, pagar as contas e investir é uma tarefa exaustiva. Por isso que esse grupo busca cada vez mais empréstimos. Mas conseguir um empréstimo sem CNPJ e uma conta bancaria é quase impossível.

Hoje em dia, as máquinas de cartão de crédito deixaram de ser um quê a mais. Os cartões praticamente sustentam negócios e os fazem prosperar. E, sendo esse um serviço, deve-se aproveitar ao máximo dele. Pensando nisso que criaram uma modalidade de empréstimo com maquininha.

O empréstimo ocorre diretamente com a administradora, cada uma com regras próprias. Algumas usam a média do valor das vendas para ter um limite, além de uma análise do CPF pessoal. O procedimento varia em tempo também, algumas podem demorar até 30 dias, mas geralmente tudo é feito online.

Existem duas principais empresas que oferecem esse serviço, sendo descritas algumas características abaixo.

1 – Empréstimo maquininhas do PagSeguro

Administrador das maquininhas moderninha e minizinha é uma ótima opção, além de segura. Ambas possuem acesso a requisição do serviço, a qual é feita por um formulário sujeito a analise de crédito. Outra opção é o contato do próprio Pag Seguro por email oferecendo o serviço.

Para ambos existem alguns impedimento, o faturamento mínimo é de 300 reais mensais, vindo em crescimento. O tempo de uso da maquininha deve ser de 6 meses no mínimo. A taxa do empréstimo maquininha é a partir de 2,99% ao mês.

2 – Empréstimo maquininha do Mercado Pago

No caso do Mercado Pago também deve-se esperar um contato do próprio com uma conta virtual. Entretanto as regras são menos rígidas, exigindo 100 reais de faturamento mensal, além de uma classificação verde no site.

Obviamente a análise do histórico e CPF também é feita. O limite do empréstimo maquininha também parte do faturamento mensal, mas o tempo de uso exigido é de 3 meses. A taxa inicial também é de 2,99% ao mês.

Apesar de parecidas cada maquininha possui suas características, por ser uma modalidade relativamente nova não se tem opções. As máquinas de aluguel, associadas a bancos, também possuem modalidades de crédito, com um pouco mais de burocracia. Analisar as opções, entender vantagens e desvantagens é essencial.

Não é de hoje que cartões de crédito universitários facilitam a vida dos estudantes. Diferente dos cartões convencionais, normalmente, os cartões universitários contam com condições especiais, como anuidade gratuita e a não necessidade de comprovação de renda. Mas, afinal, qual é o melhor cartão de crédito universitário do mercado?

A escolha varia de acordo com o perfil do estudante. Quem quer um cartão de crédito universitário apenas para facilitar as compras do dia a dia, não precisa se preocupar com juros de crédito rotativo. Já aqueles que não excluem a possibilidade de financiar o pagamento da fatura, devem se atentar ao valor dos juros. Anuidade grátis, bom, disso todo mundo gosta, não é mesmo?

OuroCard Universitário Internacional

Para solicitar o cartão de crédito OuroCard Universitário Internacional basta ser universitário, ter entre 16 e 28 anos e uma conta universitária no Banco do Brasil, cujo custo mensal é de R$12. O limite de crédito do cartão (Visa ou Mastercard) é de até R$1200, enquanto os juros do crédito rotativo ficam em 16,28% por mês. Já a mensalidade é de R$16,83, sendo que tal pagamento gera R$18 de crédito para recarga de celular. Outra vantagem é a participação no programa de fidelidade Pontos pra Você, que gera pontos Livelo para trocar por produtos, viagens, ingressos de shows e muito mais.

Cartão Caixa Universitário

Diferente do OuroCard Universitário Internacional, o cartão de crédito universitário da Caixa não tem limite de idade. O titular deve apenas ser maior de 16 anos e comprovar que está matriculado em um instituições de ensino superior (graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado) públicas ou privadas. O limite de crédito é de R$800 e a anuidade custa R$207, divididos em 12 parcelas de R$17,25 (75% de desconto no primeiro ano). Assim como o OuroCard, o Caixa Universitário pode ser usado tanto no Brasil quanto no exterior e também rende pontos em programas de fidelidade como Smiles, Tudo Azul, Multiplus, Victoria e mais.  

Nubank

Embora não seja classificado como ‘universitário’, pois não exige matrícula em curso superior, o cartão de crédito do Nubank não pede comprovação de renda e faz sucesso entre estudantes. Motivo? O baixo custo. A anuidade é gratuita, enquanto os juros de crédito rotativo também estão entre os mais baixos do mercado, variando entre 2,75% e 14% ao mês, de acordo com o cliente. Por outro lado, apenas maiores de 18 anos podem solicitá-lo.   

Hoje em dia você não precisa mais ir até o banco ou uma agência de empréstimos para obter aquele dinheiro emprestado necessário para alguma emergência ou plano. Agora é possível fazer tudo pela internet, no conforto de sua casa ou em seu trabalho.

Não é mais necessário sofrer aquelas pressões para aceitar logo o empréstimo sem ter analisado com cuidado antes. Você poderá analisar bem a proposta antes de fechar acordo.

Além dessas ditas acima, você pode ter outras vantagens. Continue a leitura para descobrir!

Motivos para fazer um empréstimo online

Veja os motivos pelos quais você deve preferir fazer um empréstimo online:

Processos mais rápidos

Com o empréstimo online você evita as filas e o tempo perdido com as idas ao banco. Assim, você terá mais tempo e calma para analisar todas as condições do seu empréstimo.

Sem tanta burocracia

Sem precisar preencher fichas e mais fichas, além do tempo de espera para a análise, com o empréstimo online você só preenche um breve formulário. Através dele é possível que seu pedido seja analisado rapidamente.

Pelo site também é possível que você envie os documentos necessários. Então não se preocupe, o processo é todo online.

Possibilidade de comparar taxas

Com o empréstimo online, você pode fazer a simulação em diversos sites e comparar as taxas. Com isso, você poderá escolher a opção que fica mais em conta para o seu bolso.

Segurança e transparência

A possibilidade de fazer o empréstimo online também traz consigo mais segurança e transparência. A segurança se deve ao fato de que você não estará exposto as tais saidinhas de banco.

A transparência é por conta de que a pouca burocracia que se tem para esse tipo de empréstimo deixa todas as questões muito claras. Desde juros a pagar, quanto outros dados.

O empréstimo online está aí para facilitar a vida de todos. Se precisar de um empréstimo, não hesite em pensar nessa alternativa.

Se você quer adquirir bens, mas não consegue guardar dinheiro e não se sente confortável pagando juros altos dos financiamentos, saiba que contratar consórcio é uma alternativa muito boa. Vamos te mostrar o que é consórcio e como contratar corretamente, fique aqui e veja todas as dicas que separamos especialmente para você.

Mas afinal, o que é consórcio?

O consórcio nada mais é uma forma de poupar dinheiro junto com muitas outras pessoas. Mas calma, sei que você não deve ter entendido, confira abaixo que explicamos direitinho.

O consórcio é um serviço que é oferecido por administradoras financeiras, esse serviço funciona como uma poupança de dinheiro para você e para outras pessoas. Quando você vai contratar consórcio, você escolhe um valor do bem que deseja adquirir ou quando é feito em concessionárias, você escolhe o modelo e a marca do veículo. Você pode escolher entre veículos, terrenos, residências, valor para construir sua casa e alguns outros bens.

A administradora irá te cobrar pequenas taxas de administração mensal e ela guarda seu dinheiro que você irá pagar em parcelas fixas mensais. O nome disse é fundo comum, e ele é utilizado entre os participantes do grupo. Para retirar o dinheiro, você deve ser sorteado ou dar lances, em caso de nenhuma das duas possibilidades dar certo, no final do período você resgata seu dinheiro ou seu bem.

3 Formas de simular consórcio

Se você se interessou em adquirir um consórcio, saiba que existem várias empresas que oferece a contratação desse tipo de serviço. Então, para você não ficar confuso, separamos para você as 3 melhores e mais confiáveis formas de simular consórcio, veja a seguir:

  • Instituições financeiras;
  • Bancos;
  • Concessionárias.

Basta você entrar no site de qualquer uma delas e procurar o simulador de consórcio. É fácil e rápido.

Está com dificuldades para conseguir crédito? Que tal tentar um empréstimo online?

Hoje em dia, muitas empresas do ramo financeiro oferecem empréstimo online de forma segura e muito simples de se conseguir o crédito, sem a burocracia dos processos tradicionais.

Tipos mais comuns de empréstimo online

Basicamente, há duas formas de pedir empréstimo online. São elas:

  1. Solicitar o crédito pelo home banking do banco onde você é correntistas. Algumas instituições bancárias disponibilizam linhas de crédito pré-aprovadas. Basta que o cliente confirme o pedido.
  • Solicitar o crédito através de financeiras que oferecem empréstimo online.

Pedindo o empréstimo online

Como mencionado, é possível recorrer a empresas financeiras que emprestam dinheiro online, sem demais burocracias. A maioria não exige que sejam enviadas cópias de documentos e nem que o contrato seja assinado pelo solicitante.

Nesses casos de empréstimo online, o contrato é virtual. Antes de liberar o crédito, o cliente dá um aceite no contrato virtualmente mesmo. Vamos aos passos:

  1. Busque sites de empresas de confiança que liberam empréstimo online fácil ou plataformas que reúnem diversas delas;
  2. Faça o seu cadastro, onde, possivelmente, serão pedidas as informações: nome completo, e-mail, endereço, CPF, RG, contatos telefônicos, renda mensal, dados bancários, entre outras;
  3. Primeiro, simule o valor que você necessita e a quantidade de parcelas. As empresas, em geral, já determinam em até quantas vezes o requerente deverá pagar pelo valor emprestado e o limite máximo de crédito;
  4. Ao estar de acordo com o valor do empréstimo online, quantidade de parcelas, formas de pagamento e outros detalhes, basta realizar o pedido virtualmente mesmo. Vale saber que, nesse caso, quem pede o dinheiro está de acordo com todas as cláusulas do contrato de concessão;
  5. Aguarde o prazo de aprovação do seu empréstimo online que, no geral, leva até 48 horas;
  6. Com o crédito aprovado, basta acompanhar a liberação do dinheiro. Isso ocorre diretamente em sua conta-corrente, no prazo de cerca de 2 dias após a aprovação.  

Simples e rápido!

Atualmente são vários os sites que oferecem o serviço de simular empréstimos online, vamos lhes apresentar os quatro que na nossa análise são os mais interessantes. Confira:

04 formas de simular empréstimo na internet

1.      Bom para Crédito

O Bom para Crédito é conhecido como o maior shopping de crédito online do Brasil. Você pode simular empréstimos online sem nenhuma documentação prévia. No entanto o site solicita o preenchimento de um formulário inicial com as suas informações, para analisar a melhor opção para você.

Após o preenchimento, o site verifica as melhores opções para o seu perfil, e você pode escolher a simulação que achar mais pertinente para a sua necessidade.

2.      Finanzero

O Finanzero também é um site onde é possível simular empréstimosonline, em apenas 05 minutos, você já terá em mãos as ofertas de crédito disponíveis para você. Da mesma forma, o Finanzero oportuniza uma lista de potenciais financiadores para que você escolha a melhor opção para a sua situação financeira.

A boa notícia é que o Finanzero, aceita simular empréstimos a negativados, mas em contrapartida pode ser necessário apresentar algum bem como garantia.

3.      Lendico

No Lendico é possível simular empréstimos de R$1.000 até R$ 50.000 reais. O empréstimo é realizado 100% pela internet e os juros são menores que dos bancos. No entanto o site não aceita negativados e também não aceita bens como garantia.

4.      Geru

O Geru, é uma operadora que oferece basicamente os mesmos benefícios das anteriores, mas com opções mais reduzidas de opções de financiadoras. Assim ao simular empréstimos pelo Geru, nem sempre o crédito será aprovado. No entanto a operadora afirma que está ampliando a cobertura e que em breve terá mais opções a disposição de seus clientes.

E então, tirou suas dúvidas de como simular empréstimos online? Espero que tenhamos ajudado!

Os cartões de crédito consignados do INSS são uma excelente opção disponível hoje para aposentados e pensionistas que precisam de dinheiro extra para suprir uma emergência ou uma necessidade que não possam pagar à vista.

Muitas financeiras e bancos fornecem este serviço atualmente, com várias taxas e condições diferentes.

Hoje vamos mostrar quais são os melhores cartões de crédito para aposentados, para você escolher o que mais se adequa às suas necessidades.

Como funciona o cartão de crédito para aposentado?

 

 

O cartão de crédito consignado une as funcionalidades de um cartão de crédito comum com o empréstimo consignado do INSS.

Assim, o aposentado receberá um cartão de crédito, com limite pré-estabelecido pela instituição financeira escolhida.

Uma parte do pagamento será descontada diretamente do benefício, e o restante da fatura deverá ser pago diretamente pelo aposentado.

Como a aposentadoria é a garantia de pagamento para o banco, os juros desta modalidade são mais baixos, tornando o valor a pagar mais acessível.

Qual o limite do cartão de crédito?

O limite de um cartão de crédito consignado obedece a norma do INSS, que limita o valor a até 25 vezes o valor da Margem Consignável.

Esta margem poderá ser de até 5% do valor recebido mensalmente pelo aposentado ou pensionista.

Num exemplo prático, um aposentado que receba por mês R$ 1500,00 tem uma margem consignável de R$ 75,00. Como o limite do cartão pode ser de até 25 vezes essa margem, o limite poderá ser de até R$ 1875,00.

Cada instituição financeira tem liberdade de decidir, de acordo com suas análises, qual será o valor disponibilizado no limite.

Qual a taxa de juros a ser paga no cartão?

A taxa de juros máxima que pode ser cobrada neste tipo de cartão é de 3% ao mês. Levando em consideração que a taxa dos cartões de crédito no mercado pode ser de até 231% ao ano, a taxa é bastante atrativa.

Essa taxa inclui todas as despesas para a concessão do cartão, o chamado custo efetivo.

Quando o aposentado consegue um cartão consignado, só pagará juros se não fizer o pagamento total de sua fatura, assim como num cartão comum.

Diferentemente do empréstimo consignado, onde é proibida a cobrança de Taxa de Abertura de Crédito (TAC), para o cartão de crédito é permitida a cobrança de uma taxa única de emissão no valor de R$ 15,00, com pagamento dividido em até três vezes.

Os melhores cartões de crédito para aposentados

Cada instituição financeira pode cobrar taxas diferentes, desde que limitadas ao máximo do INSS que é de 3%

O próprio INSS disponibiliza uma lista com as taxas de cada uma das instituições que fornecem este tipo de serviço.

O Banco do Brasil é a instituição que fornece a melhor taxa de juros em qualquer número de parcelas, com taxa de 2,33% ao mês.

Todas as outras instituições oferecem a taxa máxima de 3%.

As instituições financeiras que oferecem o serviço são:

  • Banco do Brasil;
  • Banrisul;
  • Bradesco;
  • BMG;
  • Banco Mercantil do Brasil;
  • Banco Industrial do Brasil;
  • PAN;
  • Daycoval;
  • Banco Cetelem;
  • Banco Inter;
  • Caruana;
  • Agiplan Financeira S/A;
  • Facta Finacneira S/A;
  • Olé Bonsucesso Consignado.

Como é feita a cobrança da fatura?

A cobrança da fatura é feita em duas partes:

O valor referente a margem consignável (5%) será descontado diretamente do benefício. Se por exemplo, o aposentado receber um benefício de 2.000 reais mensais, apenas 100 reais da sua fatura serão descontados diretamente da aposentadoria.

A diferença entre o valor total da fatura e o valor descontado no benefício deverá ser paga pelo aposentado.

Este pagamento pode ser feito por meio de boleto recebido ou débito em conta.

Cartão de crédito consignado vale a pena?

Confira os principais pontos que mostram que o cartão consignado é uma boa opção:

1.      Desconto diretamente no benefício:

O pagamento de uma parcela da fatura descontado diretamente no benefício deixa o saldo a pagar menor e mais leve, ajudando o aposentado a manter a dívida em dia.

2.      Taxas de juros reduzidas:

As taxas de juros cobradas no caso de não pagamento de fatura são bem menores do que as dos cartões de crédito comum.

3.      Dinheiro disponível na hora:

O cartão de crédito consignado é uma opção mais flexível para o aposentado do que o empréstimo consignado.

Isso porque, com o cartão em mãos e o limite liberado, o beneficiário poderá usar imediatamente o valor quando tiver necessidade, diferentemente do empréstimo, que precisa do comparecimento do aposentado todas as vezes que precisar de renovação.

4.      Saques no cartão consignado:

É possível sacar até 90% do limite disponível do cartão, aumentando ainda mais as possibilidades de utilização pelo aposentado.

Quais os cuidados na utilização do cartão de crédito consignado?

Apesar de parecer inicialmente mais atrativo para utilização do que o empréstimo consignado, por ter a funcionalidade muito parecida a de um cartão comum, o cartão de crédito consignado exige do aposentado alguns cuidados extras:

  • Cuidado ao compartilhar senhas, principalmente por telefone ou e-mails. O INSS e os bancos não costumam solicitar esse tipo de informação;
  • A taxa de juros deste cartão é reduzida, mas ainda será cobrada caso a fatura não seja paga. Para evitar os juros, faça o máximo possível para sempre pagar o valor total cobrado no mês.

O cartão de crédito consignado pode ser uma excelente opção para os aposentados e pensionistas.

Tomando os cuidados necessários e pesquisando quais são os melhores cartões de créditos para aposentados, os beneficiários do INSS poderão fazer utilização deste benefício de forma saudável e evitar dívidas desnecessárias.